segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

MOVIMENTO MARITIMO DE NAVIOS DA PESCA DO BACALHAU NOS PORTOS DO DOURO E LEIXÕES NOS ANOS DE 1951/52



INVICTA, barra do Douro, década de 60 / Rui Amaro /.



AVIZ, saindo da barra do Douro de rumo ao Tejo, década de 60 / Rui Amaro /.


CAMPANHA 1951


29/03 - L's/m AVIZ, CONDESTÁVEL, SENHORA DA SAÚDE, INFANTE DE SAGRES TERCEIRO, SENHORA DA SAÚDE saíram do Douro para Lisboa, a fim de estarem presentes nas cerimónias da Benção dos Bacalhoeiros.

07/04 - Lugres ANA MARIA e PAÇOS DE BRANDÃO saíram do Douro a reboque do VOUGA 1º e de seguida rumaram directamente aos pesqueiros da Terra Nova.

28/08 - Lugre ANA MARIA, Douro – entrou a reboque do VANDOMA.

28/08 - L/m SÃO JACINTO, Douro

12/09 - L/m DOM DENIZ, Leixões

13/09 - L/m AVIZ, Leixões

13/09 - L/m SANTA MARIA MANUELA, Leixões

14/09 - N/m INÁCIO CUNHA, Leixões

14/09 - L/m AVIZ, Douro vindo de Leixões

17/09 - L/m CONDESTÁVEL, Leixões

19/09 - N/m INÁCIO CUNHA, Douro vindo de Leixões

19/09 - L/m CONDESTÁVEL, Douro vindo de Leixões

20/09 - L/m ANTÓNIO RIBAU, Douro

22/09 - Arrastão SENHOR DOS MAREANTES, Leixões

24/09 - L/m BRITES, Leixões

20/09 - N/m VAZ, Leixões

20/09 - L/m MILENA, Leixões

27/09 - L/m ADELIA MARIA, Leixões

28/09 - L/m MARIA FREDERICO, Leixões

01/10 - L/m SENHORA DA SAÚDE, Douro. Entrou a reboque do VANDOMA, após 30 dias de navegação à vela or avaria de máquina.

02/10 - L/m BRITES, Douro vindo de Leixões

03/10 - N/m SÃO RUY, Leixões

03/10 - N/m SANTA MARIA MADALENA, Leixões

04/10 - N/m LUTADOR, Leixões

06/10 - L/m NOVOS MARES, Leixões

10/10 - Arrastão SENHORA DAS CANDEIAS, Leixões

14/10 - L/m COIMBRA. Leixões

24710 - Arrastão ALVARO MARTINS HOMEM, Douro

24/10 - L/m COIMBRA, Douro vindo de Leixões

02/11 - Arrastão INVICTA, Douro

03711 - Arrastão SÃO GONÇALINHO, Leixões

07/11 - Arrastão SANTO ANDRÉ, Leixões. Pairou dois dias ao largo sem se poder fazer ao porto devido a um enorme ciclone

13/11 - Arrastão ESTEVAM GOMES, Douro

14/11 - Arrastão FERNANDES LABRADOR, Douro

14/11 - Arrastão COMANDANTE TENREIRO, Leixões

27/11 - N/m SÃO MAGAIO, ex BISSAYA BARRETO, Douro. Saiu para Aveiro a reboque do VANDOMA, a fim de ser reconstruido.

07/12 - Vapor GIL EANES, Leixões. Veio descarregar a sua usual carga de "stock fish" embarcada na Terra Nova


CAMPANHA DE 1952


CONDESTÁVEL, rio Douro década de 50 /Rui Amaro


AVIZ, rio Douro, lugar do Cais das Pedras, década de 60 / Rui Amaro /


17/03 - L's/m AVIZ, CONDESTÁVEL, SENHORA DA SAÚDE saíram do Douro para Lisboa, a fim de estarem presentes nas cerimónias da Benção dos Bacalhoeiros.

05/04 - L/m SÃO JACINTO, saiu do Douro para Lisboa, a fim de estar presente nas cerimónias da Benção dos Bacalhoeiros.

09/04 - Lugre ANA MARIA, saiu do Douro a reboque do NEIVA, e de seguida rumou directamente aos pesqueiros da Terra Nova.

24/07 - Arrastão COMANDANTE TENREIRO, Leixões

22/08 - Lugre ANA MARIA, Douro a reboque do VANDOMA

24/08 - Arrastão JOÃO CORTE REAL, Douro

19/09 - Arrastão ESTEVAM GOMES, Douro

24/09 - N/m SÃO RUY, Leixões

04/10 - L/m CONDESTÁVEL, Douro

07/10 - L/m COIMBRA, Leixões

08/10 - Arrastão INVICTA, Douro vindo de Leixões onde desembarcara náufragos do n/m JOÃO COSTA

14/10 - L/m AVIZ, Leixões

17/10 - L/m AVIZ, Douro vindo de Leixões

18/10 - N/m RIO LIMA, Leixões

19/10 - N/m SANTA MARIA MADALENA, Leixões

24710 - L/m SANTA MARIA MANUELA, Leixões

26/10 - N/m SENHORA DO MAR, Douro


Note-se que muitos destes navios eram de praças e armamento fora do Porto, e vinham a Leixões ou Douro para aliviar carga e aguardar melhores marés nos seus respectivos portos, se bem que alguns hibernavam no rio Douro, caso do COIMBRA, SÃO JACINTO, etc.

Rui Amaro

7 comentários:

Tiago Neves disse...

Graças a esta excelente informação agora sei que o meu falecido Bisavô, pescador, esteve ai em 1951 a bordo do "Paços de Brandão", e depois no "São Jacinto" em 1952.

Excelente post amigo Rui, como sempre!

Cumprimentos,
Tiago Neves.
www.roda-do-leme.com

Rui Amaro disse...

Caro Tiago
Grato pelo seu comentário.
Pois se o seu bisavô esteve embarcado nesses dois lugres nas campanhas de 1951 e 1952, pois então naufragou no PAÇOS DE BRANDÃO e no SÃO JACINTO, que se perderam nos Grandes Bancos respectivamente nessas duas campanhas.
Os unicos lugres que jamais vi arribarem a Leixões/Douro psrs desembarcarem pescadores, aliviar carga, ou aguardar marés grandes para demandarem as suas barras, que me lembre foram o CRUZ DE MALTA, de Aveiro, JOSÉ ALBERTO e o N/m SOTTO MAYOR, estes dois da Figueira da Foz. Quanto ao CRUZ DE MALTA não admira porque era de pouco porte e calado, e o experimentado prático Ferreira, lá resolvia a situação na sua complicada barra, agora quanto aos outros dois na Figueira da Foz, esses já eram maiores, talvez aguardassem em Buarcos maré mais propicia.
Como curiosidade posso-lhe dizer que a relação do movimento de navios bacalhoeiros, a fonte era o saudoso jornal O COMERCIO DO PORTO, que todos os dias publicava o movimento maritimo de entrada e saidas nos portos do Douro/Leixões e de Lisboa, e cá o "menino Ruizinho", desde que se lembra, registava em livro todos as entradas ou saidas de navios nos portos do Douro e Leixões, e como o pai era piloto da barra, ainda ficava mais informado.
Saudações maritimo-entusiásticas
Rui Amaro

Tiago Neves disse...

Esse é que era o verdadeiro espírito!

Pois, e o mais engraçado, é que na história do Paços de Brandão, o tal miúdo clandestino ajudou um senhor chamado António, e que tinha uma perna mais curta que outra. Ora o meu bisavô chamava-se António, e apesar de não ter uma perna mais curta que outra, dava a sensação de tal, pois tinha um problema num dos pés.

Tenho de passar no museu marítimo de Ílhavo para ver se há registos da tripulação do navio nessa altura.

Cumprimentos!
Tiago Neves.
www.roda-do-leme.com

Egeteeraq Rasmussen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Egeteeraq Rasmussen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui Amaro disse...

Olá Egeteeraq Rasmussen
Lamento mas não tenho elementos para o que pretende.
Hi Egeteeraq Rasmussen
Sorry but I have not evidence for what you want.
Best regards
Rui Amaro, Porto

Egeteeraq Rasmussen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.