terça-feira, 21 de agosto de 2012

O PAQUETE “MOÇAMBIQUE” À ENTRADA DA BARRA DO TEJO FOI VARRIDO POR UMA VOLTA DE MAR DESCOMUNAL



Quando entrava a barra do Tejo a 22/01/1966, o paquete MOÇAMBIQUE, que já vinha a sofrer as inclemências do mau tempo, que então se fazia sentir, e que também causara o naufrágio do SANTA MAFALDA, foi apanhado por uma volta de mar descomunal, que lhe varreu por completo o convés, partindo alguns apetrechos e estruturas do navio e ferindo vários soldados que regressavam á Pátria, após terem completado a sua comissão de serviço no Ultramar Português.
Um casal que também se encontrava no convés. Arlindo da Conceição Ferreira Bastos, de 28 anos, agente publicitário, e sua esposa, Cândida da Conceição Bastos, de 22 anos, bem como uma filhinha do casal, Ana Paula, de 2 anos, foram também apanhados pela vaga. O primeiro sofreu fractura das pernas e a segunda, escoriações pelo corpo. A petiza Ana Paula apesar de ter sido projectada ao convés, não sofreu qualquer mazela. Após a atracação do navio, os soldados foram transportados ao Hospital Militar da Estrela, onde receberam tratamento a várias escoriações. Quanto ao casal, o marido ficou internado no Hospital de S. José, e a esposa e a filhita regressaram a sua casa em Lisboa.
MOÇAMBIQUE (2) – paquete de carreira / imo 5238420/ 167m/ 12.976tb/ 2x Doxford engine diesel 6.500Bhp cada/ 18nós/ Pass. 749/ tripulantes 212/ 10/1949 entregue por Swan, Hunter & W. Richardson, Ltd, Newcastle-upon-Tyne, à Companhia Nacional de Navegação, Lisboa, para o seu serviço Lisboa, Angola, Moçambique; 28/05/1972 enquanto em viagem de Africa para a Metrópole, a 50 mn a SW de Lisboa colidiu com o petroleiro Italiano PETROLSABE; realizou alguns cruzeiros e na década de 60 serviu de transporte de tropas para o Ultramar e no início da década de 70 foi colocado em “laid up” no estuário do Tejo, mar da Palha; 29/09/1972 chegava a Kaohsiung para desmantelamento em sucata. Navio-gémeo ANGOLA.
Fontes: jornal “O Comércio do Porto”, Miramar Ship Index.
Imagem: postal da CNN.
Rui Amaro
  
ATENÇÃO: Se houver alguém que se ache com direitos sobre as imagens postadas neste blogue, deve-o comunicar de imediato. a fim da(s) mesma(s) ser(em) retirada(s), o que será uma pena, contudo rogo a sua compreensão e autorização para a continuação da(s) mesma(s) em NAVIOS Á VISTA, o que muito se agradece.
ATTENTION. If there is anyone who thinks they have “copyrights” of any images/photos posted on this blog, should contact me immediately, in order I remove them, but will be sadness. However I appeal for your comprehension and authorizing the continuation of the same on NAVIOS Á VISTA, which will be very much appreciated.


Sem comentários: