sábado, 9 de novembro de 2013

SALVADEGO PORTUGUÊS “MILHAFRE” QUE FEZ ESTAÇÃO NOS AÇORES DE 1930 A 1936

MILHAFRE / Autor desconhecido - imagem passada amavelmente por Nuno Bartolomeu, Almada /.

WILHELM WREDER / Autor desconhecido - Photoship Co., UK /.

ZEUS / Autor desconhecido - Photoship Co., UK /.

Salvadego Português MILHAFRE, imo______/ 36m/ 286tb/ 650Ihp/____nós; 08/01/1914 entregue por Janssen & Schmilisky AG, Hamburg, como WHILHELM WREDE a Schrader & Wrede, Hamburgo; 18/01/1914 requisitado pela “Kayserliche Marine” que o colocou como navio barreira portuário e em 05/05/1917 como navio de colocação de redes à entrada dos portos; 04/05/1919 WILHELM WREDE, Schrader & Wrede, Hamburgo; 1919 ZEUS, Bugsier Reederei und Bergungs Ges, Hamburgo; 03/1930 MILHAFRE, Parceria Geral de Pescarias (Bensaúde & Cia), Ponta Delgada. Esta aquisição foi realizada, devido à lacuna de um rebocador de alto mar que assistisse a navegação em dificuldades nos mares dos Açores: Infelizmente o custo operacional do projecto e a severa crise económica que o mundo atravessava naquela altura provaram ser adversários desastrosos demais pelo que em 1936 o MILHAFRE foi vendido; 1936 TENAX, Diodato Tripcovich & Ci., Trieste; 06/08/1943 bombardeado e afundado pela força aérea Aliada perto de Gioi Tauro, Sul de Itália.
Fontes: Kayserliche Marine Forun, Revista de Marinha,
Rui Amaro

ATENÇÃO: Se houver alguém que se ache com direitos sobre as imagens postadas neste blogue, deve-o comunicar de imediato. a fim da(s) mesma(s) ser(em) retirada(s), o que será uma pena, contudo rogo a sua compreensão e autorização para a continuação da(s) mesma(s) em NAVIOS Á VISTA, o que muito se agradece.
ATTENTION. If there is anyone who thinks they have “copyrights” of any images/photos posted on this blog, should contact me immediately, in order I remove them, but will be sadness. However I appeal for your comprehension and authorizing the continuation of the same on NAVIOS Á VISTA, which will be very much appreciated.

2 comentários:

Rui Amaro disse...

Os rebocadores Portugueses com o nome de MILHAFRE que consegui descobrir na Net foram os seguintes:
MILHAFRE - 1898 – Henry L. Bucknall, Lisboa
MILHAFRE – 1912 – James Rawes & Co., Ltd, Lisboa, este mais tarde foi o MILHAFRE PRIMEIRO, que em 1913 ainda se encontra em Alhos Vedros, como LUSI I, à espera do camartelo.
MILHAFRE – 1914 – Parceria Geral de Pescarias, Ponta Delgada
MILHAFRE PRIMEIRO – 192_ - Companhia Portuguesa de Pesca, Lisboa/Júlio da Cruz e Rui da Cruz, Lisboa.
Saudações marítimas-entusiásticas
Rui Amaro

Aires Whytton da Silva disse...

Tenho outras fotas deste rebocador, que pertenciam à collecção do Master Captain António Augusto de Moraes Jr, meu bisavô. Por favor indiquem-me o endereço electrónico, para onde as posso enviar.

aires.whytton@gmail.com